miss me ☹

POSTED ON: 11 de jun de 2013 @ terça-feira, junho 11, 2013 | 0 comments

Eu ando me sentindo horrível! É um desespero que parece que um buraco vai se abrir em baixo de mim e me engolir... Um sentimento de desespero mesmo. E eu lembro que eu nunca fui assim.
Fui folear uma agenda minha de 2009. Que saudade que me deu, saudade do tempo, saudade de mim nesse tempo.

Achei um texto meu que me deu vontade de chorar de saudade de mim e de como eu era boa e positiva.
Na foto não dá para ver por causa da minha letra feinha e então eu vou escrever ele aqui para que de para entender

"As cores ao dia."
No final da rua da minha avó tem praia...
Mas é poluída, mas mesmo assim é mor bonito de olhar, tem uns pombos, uns cachorros e tem peixe que pula, e de vez em quando tem umas tartarugas.
Mas o doida é a cidade, o movimento... Até de madrugada tem gente andando e correndo no calçadão.
E depois tu chega no mar e ele está colorido igual ao céu... Várias vezes meus olhos ficaram tipo "lacrimejandinho", saca? Acho que a gente morar na cidade com toda essa globalização de internet e tudo mais, afasta tanto a gente da natureza que apenas um sol maravilhoso nascendo faz a gente parar para olhar...
Acho loucura quem passa reto quando o céu está com aquelas cores absurdas da manhã...
É a unica hora que eu para para pensar na vida e esqueço de tudo que tem em volta de mim... Uma paz enorme


Que saudades de Icaraí, que saudades do meu avô e de como minha avó era quando ele era vivo. Que saudades de ser livre de pensamentos ruins, que saudades de não me preocupar com o que eu vou fazer da droga da minha vida. Que saudades me mim feliz...

← OlderNewer → / Newer →
ニャー