human-animals behavior

POSTED ON: 14 de set de 2010 @ terça-feira, setembro 14, 2010 | 0 comments

Aproxime-se garoto, me escute enquanto brincas vou te contar a história da humanidade. No princípio não havia nada, no início estava tudo bem. A natureza avançava, seguia seu destino... Mas o homem chegou com sapatos de sola grossa chutando tudo para conquistar respeito. Começou a construir estradas e a multiplicar sinalizações pelas planícies. E todos os elementos foram controlados. Num piscar de olhos a história mudou. Não é agora que vamos dar macha a ré: ''Nem sequer começamos a poluir o deserto!'' É necessário que você respire, eu falo a verdade. Você vai morrer de rir, será bem triste. Daqui a uns poucos anos, devoradas todas as folhas, seus netos terão só um olho bem no meio da testa e vão te perguntar: ''Por que você tem dois?'' E você não passarás de um estúpido! Eles irão dizer: ''Como você pôde ficar sentado e deixar isso acontecer?'' Você tentará se defender, em voz baixa: ''Não foi minha culpa, foi culpa dos meus ancestrais.'' Mas nada poderá aliviar a sua culpa e você vai contar de época em que podia comer as frutas deitado na grama, que havia animais por todas as florestas... E que no início na primavera os pássaros retornavam. O pior dessa história é que somos escravos as vezes assassinos e agora perfeitamente incapazes, de olhar as árvores sem sentir-se culpado. Metade santos, mas 100% miserável. Então criança, essa é a história da humanidade, não é muito bonita e eu não sei como termina. Você não nasceu em um repolho mas sim em um buraco que enchemos a cada dia como se fosse uma sepultura...

← OlderNewer → / Newer →
ニャー